Biomassa

A Biomassa é hoje uma das melhores opções orgânicas para poupar energia. 


Os caroços de azeitona são um composto biológico atractivo e valioso. Os caroços e a pele exterior da azeitona são sub-produtos importantes gerados pela indústria de processamento de azeite e de azeitonas. Estes resíduos secos são utilizados, principalmente, em queimadores de biomassa para a geração de electricidade e calor. 


Na Petratex, sentimos a necessidade de garantir que os novos tipos de biomassa têm um impacto mínimo no ambiente e que são capazes de ir de encontro às nossas necessidades energéticas. 


O poder calorífico gerado pela queima de caroços de azeitona é de  4,075Kcal /Kg. Actualmente, a nossa caldeira de biomassa gera energia suficiente para alimentar, na totalidade, o sistema de aquecimento das nossas instalações. 


A nossa caldeira de biomassa permite-nos reduzir as nossas emissões anuais de CO2 em 662 toneladas. 


Para além de queimar caroços e resíduos de azeitonas processadas, a nossa caldeira de biomassa pode ainda operar utilizando como combustível pequenos peças de madeira compactada, conhecidos como pellets


O nosso consumo médio diário de biomassa é de 80kg, o que equivale a cerca de 9 toneladas anuais.  


Neste momento, podemos orgulhosamente dizer que a energia que alimenta o nosso sistema de aquecimento é 100% Ecológica!



A biomassa de azeitona é obtida através dos resíduos sólidos resultantes do processamento das azeitonas, através de máquinas que extraem o azeite e separam, ao mesmo tempo, os restos de cariz sólido. Através deste sistema, não é necessária a utilização de nenhum tipo de químico ou solvente. 


O processo de  extração é, geralmente, levado a cabo numa prensa. O resíduo obtido é um combustível altamente calórico mas ecológico, que pode ser utilizado para substituir as tradicionais pellets de madeira utilizadas em caldeiras de biomassa que são utilizadas, por sua vez e entre muitas outras coisas, como fonte de aquecimento para edifícios através de sistemas água quente. 

 

 

Para além de contar com uma alta performance como uma fonte de energia, este tipo de combustível reduz consideravelmente as quantidades de fumo e cinza que são emitidas, reduzindo por conseguinte a frequência de tarefas de manutenção e expandindo o ciclo de vida e durabilidade da caldeira. 


Utilizando este tipo de combustível, conseguimos poupar até 50% do custos em que incorreríamos com a utilização exclusiva de pellets de madeira. 




NOTÍCIAS